Vice-prefeito Paulo Alcântara também tem andado de mãos dadas com o desenvolvimento



Ao lado do prefeito Antônio Carlos Vilaça, da Secretária Municipal de Educação Ivana Ramos e do Dep. Estadual Renato Ogawa, o vice-prefeito Paulo Alcântara vem dando suas contribuições para a continuidade do desenvolvimento tanto na educação, quanto na Saúde do município, assim como em outras áreas,  com sua presença, articulações e ideias para um melhor desenvolvimento.





O prefeito de Barcarena, Antônio Carlos Vilaça, entregou quatro escolas revitalizadas e climatizadas nesta segunda-feira (14), sendo uma na cidade e outras três no campo. Acompanhado do vice-prefeito Paulo Alcântara e de outras autoridades, como o deputado estadual Renato Ogawa, Vilaça inaugurou a reforma da escola Santa Joana, por volta de 9h. A unidade teve a cobertura e o piso reforçados.

Em seguida, o prefeito e comitiva foram entregar escola de ensino infantil e fundamental Santo Antônio, na comunidade rural de mesmo nome. O prédio foi totalmente construído de alvenaria, substituindo o antigo de madeira. “Ficou 100 porcento, perto do que era, a gente está muito feliz por isso, muito feliz mesmo”, disse a servidora Merícia Nascimento Silva, zeladora da escola há 22 anos.

A terceira escola entregue pelo prefeito totalmente revitalizada foi a Manoel Nascimento do Amaral, na comunidade Arauaia. Por fim, o Vilaça foi inaugurar a escola Nova Vida, na comunidade de mesmo nome. Além da refrigeração nas salas de aula, todas as unidades ganharam nova mobília. A entrega das reformas foi comemorada por alunos e servidores da educação.

SECRETÁRIA – A secretária de Educação de Barcarena, Ivana Ramos, informou que, este ano, 17 escolas já passaram pelo processo de ampliação e climatização na cidade e na zona rural e que na próxima sexta-feira haverá novas entregas na região das ilhas. “Eu vejo com muita alegria a felicidade dos alunos e dos servidores ao receberam essas escolas”, avaliou ela. “Eles se sentem respeitados e valorizados”.

Ivana tem motivos para comemorar. “Parece que aquela descrença que sempre foi um ponto na nossa administração está sendo quebrada, pois eles (alunos e professores) acreditam agora que quando a gente fala que vai fazer, nós estamos não só falando, mas entregando as obras no padrão que a gente prometeu”, disse a secretária. A meta da Semed é reformar todas as escolas do município.

“A gente está firme e forte nesse caminho (para alcanças as metas)”, afirmou a gestora. Ela disse que mais da metade das 100 unidades de ensino existentes no município já foram recuperadas, reconstruídas ou construídas. “Acredito que estamos em torno de 80% das escolas. Agora a maior dificuldade são as áreas de ilha, onde são mais complicadas as construções. Mas estamos firmes”, festejou Ivana Ramos.

Texto Adaptado/editado da ASCOM/PMB

Comentários