Conheça o perfil do Delegado Alberto Teixeira, novo DG da Polícia Civil do Pará


Nascido em Belém, em 22 de novembro de 1970, Alberto Henrique Teixeira de Barros tem 27 anos de serviço na Segurança Pública do Pará exercidos como policial militar e como delegado de Polícia Civil. O novo Delegado-Geral iniciou sua jornada profissional na Segurança Pública do Pará, ao ingressar na Polícia Militar do Pará, como Oficial da PM. Foi inicialmente Aspirante Oficial da PM e posteriormente foi alçado à patente de 2° Tenente do Quadro de Oficiais da PM (QOPM). 


Com o tempo, chegou a 1° Tenente QOPM e por fim a Capitão QOPM. Atualmente, é Oficial da Reserva Remunerada no posto de Capitão. Na PM do Pará, Alberto Teixeira atuou no 10° Batalhão da PM (BPM), no distrito de Icoaraci, em Belém; no Comando Geral da PM, em Belém; no Batalhão de Polícia de Guarda; no Comando de Policiamento Regional III (CPR III), em Castanhal (PA), e na Consultoria Jurídica da PM do Pará no cargo de consultor.

Alberto Teixeira foi empossado como delegado de Polícia Civil, em 15 de fevereiro de 2008, após aprovação no Concurso Público C-89/2006. O policial civil concluiu o Curso de Formação de Delegado de Polícia Civil, etapa final do Concurso Público, em 5 de outubro de 2007, ficando em primeiro lugar na categoria de Delegado. O delegado atuou inicialmente em sua carreira na Polícia Civil, em fevereiro de 2008, como plantonista na Seccional Urbana de Castanhal (PA) e posteriormente foi Delegado Municipal em Castanhal. Em 2009, foi nomeado para exercer o cargo de Superintendente Regional da Zona do Salgado, que abrange 22 municípios do Nordeste Paraense, com sede em Castanhal. Atuou ainda como coordenador do extinto GCCO (Grupo de Combate ao Crime Organizado), em Belém.

Foi também titular da Superintendência Regional do Sudeste do Pará, que tem sede em Marabá e que abrange 16 cidades da região do Carajás. Enquanto esteve em Marabá, o delegado chegou a exercer o cargo de secretário de Segurança Institucional da Prefeitura do município, em 2013. Até o ano passado, o delegado Alberto Teixeira atuava como diretor da Seccional Urbana da Sacramenta em Belém. À frente da Seccional, o delegado teve atuação sistemática para a prisão de traficantes de drogas, homicidas e assaltantes nos bairros situados na área de circunscrição da Seccional: Barreiro, Val de Cans, Telégrafo e Sacramenta. Nessas áreas, foram realizadas operações diárias que contribuíram para mantença da paz social.


O policial civil especializou-se em dar embate a grupos criminosos que agem no Pará, em especial, nas regiões Nordeste e Sudeste do Estado, ao longo de sua carreira policial. A atuação sistemática de combate ao crime organizado no Pará resultou na desarticulação e prisão de quadrilhas especializadas em tráfico de drogas; em assaltos a banco; em roubos e desmanches de veículos; em contrabando e descaminho, homicídios por encomenda (pistolagem) e em crimes contra o patrimônio, como roubo, furto e estelionato, dentre outros. Como resultado das operações de combate ao crime, desempenhadas pelo novo delegado-geral, durante sua carreira, em vários municípios paraenses, elevadas quantidades de drogas, como maconha e cocaína, foram apreendidas. Da mesma forma, as apreensões resultaram na destruição de plantações de maconha; na apreensão de um arsenal bélico (armas e munições) e na prisão de mais de uma centena de criminosos.

FORMAÇÃO Alberto Teixeira é bacharelado em Direito pelo Centro Universitário do Pará, em 2004, e bacharelado em Ciência de Defesa Social, em 1996, pela Academia da Polícia Militar "Coronel Fontoura". Tem pós-graduações em Políticas de Gestão em Segurança Pública, em 2015, e em Direito Administrativo, em 2016, ambas realizadas na Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz, em Belém. O policial civil tem Curso Básico de Formação de Multiplicador do Programa de Polícia Interativa, pela Academia de Polícia Civil (Acadepol), concluído em 13 de Novembro de 1997, e Curso de Aperfeiçoamento na Gestão Policial, realizado pelo IESP (Instituto de Ensino de Segurança do Pará), concluído em 17 de dezembro de 2015.

Alberto Teixeira tem experiências também como educador, com certificações de participação no 5º Ciclo de Palestras de Direito na Universidade da Amazônia (UNAMA); no 6º Congresso Nacional de Direito Penal e Processual Penal; no 1º Seminário Internacional do Curso de Direito: “A Problemática Brasileira da Violência Doméstica e o Sistema Legal Brasileiro”; no 2º Seminário de Segurança Pública da Amazônia: “Desenvolvimento Social e Problemas Comunitários: A prevenção e a Administração de Conflitos”; no Curso de Informática e Eletrônica; do Curso sobre a Nova Geografia do Brasil e a Globalização; no Seminário acerca da Audiência de Custódia: Superando Desafios, realizado pelo IESP, e no Curso de Tiro Tático Defensivo; no Curso de Táticas de Defesa Pessoal e Curso Tático de Adentramento em Ambiente Confinado.



Como docente, o delegado atuou no IESP, em 2006, no Curso de Formação de Praças da Polícia Militar do Pará, nas disciplinas Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito Administrativo, e no Curso de Formação de Oficiais da PM, em 2008, na disciplina Direito Processual Penal. Foi palestrante na Guarda Municipal de Marabá sobre os temas “A Polícia Civil no Sudeste do Estado do Pará” e “Direitos Humanos, Direito Penal e Agentes de Segurança Pública”.

COMENDAS Por sua atuação como profissional na Segurança Pública, Alberto Teixeira foi condecorado com a Medalha do Mérito Legislativo "Newton Miranda" concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará, e condecoração meritória concedida pela Polícia Civil do Pará por ter obtido a primeira colocação geral no Curso de Formação de Delegados.


Com informações da ASCOM/PC-PA


Comentários