Jovens de Barcarena do "Alunorte Rain Forest" conheceram as instalações do Hangar, Mangal e Estação


Representativos aparelhos turísticos do Estado, a Estação das Docas, o Hangar e o Mangal das Garças, foram visitados pelos jogadores do time de futebol Alunorte Rain Forest (ARF), que integra o projeto Bola Pra Frente, sediado no município de Barcarena. Nesta quarta-feira, 10, o grupo formado por cerca de 20 jovens realizou visitas monitoradas nos espaços administrados pela Organização Social Pará 2000.


O Hangar Convenções e Feiras da Amazônia foi o primeiro ponto de parada. A visita monitorada teve início na Sala Pará, onde o grupo assistiu ao vídeo institucional. Em seguida, conheceram a estrutura do centro de convenções e a exposição fotográfica “Catarse”. O último momento foi de mais um pouco de aprendizado sobre as espécies de peixes que vivem no aquário do centro de convenções. 

No Parque Zoobotânico Mangal das Garças, o time foi recebido por um guia para fazer o “Roteiro Expresso”. No Mirante do Rio, os jovens ouviram uma explanação sobre a história da cidade de Belém. Em seguida, conheceram as aves do Viveiro das Aningas e ainda contemplaram as belezas das espécies de borboletas Júlia, Ponto de Laranja e a Brancão, no Borboletário. Do alto do Farol de Belém eles tiveram a oportunidade de conhecer a cidade por um outro ponto de vista.

A visita chegou à Estação das Docas à tarde. Os jovens conheceram o resultado de um cuidadoso trabalho de restauração do porto fluvial da capital paraense que originou o complexo turístico. A visita guiada pelos orientadores de público iniciou no Armazém 3, também conhecido Boulevard de Feiras e Exposições, com partida do Teatro Maria Sylvia Nunes. Em seguida, seguiram rumo ao Armazém 1, onde abriga a exposição permanente “Memorial do Porto”, que através de peças e imagens, conta história da navegação paraense. As ruínas do Forte São Pedro Nolasco - construído para defender a orla belenense que foi destruído em 1825, após a Cabanagem e, a partir das ruínas revitalizadas deram lugar ao Anfiteatro, foi o ponto de chegada da visita.

Esta foi a primeira vez que muitos destes jovens saíram de Barcarena. Entre eles, Dieliton Almeida, 17 anos. Morador da Ilha de Trambioca, o estudante ficou impressionado com o Mangal das Garças. “Entre todos os espaços, o que mais chamou minha atenção foi o Mangal. Quando estive lá me senti em casa, pois tem muitas aves que conheço, como as garças e um sabiá”, comentou.

O estudante Jhonata Chaves, 15 anos, já conhecia Belém, mas não os espaços turísticos. “Conheci três lugares que são uma mostra da nossa cultura. Achei a Estação das Docas muito bonita, principalmente por estar de frente para o rio e preservar a nossa história”, contou.



No próximo dia 23 de julho o grupo embarca para Europa para disputar mais uma vez a Norway Cup (Copa da Noruega), um dos maiores torneios de futebol infanto-juvenil do mundo, realizado na cidade de Oslo, capital da Noruega. “O Projeto Bola pra Frente é uma forma de usar o esporte como incentivador. Durante essas visitas coletamos todos os tipos de informações, do comportamental até do meio ambiente, e ao final de todo esse intercâmbio, concretizamos esse aprendizado em um livro. Hoje, este jovens estão aqui com olhares de pesquisadores, analisando estes espaços. 
Sem dúvida, eles aprenderam muita coisa e poderão transmitir para outras pessoas”, ressaltou o coordenador do projeto, Alberto Muller.

> Visite o site oficial do Alunorte Rain Forest:  http://timearf.blogspot.com.br/



Por Camila Barros/ Ascom OS Pará 2000

Imagem: Ney Marcondes

Comentários