terça-feira, 13 de dezembro de 2016

No Pará, corrida celebrou o Dia da Justiça

O Judiciário paraense comemorou o Dia da Justiça, que transcorre nesta quinta-feira, 8, reunindo magistrados e servidores na I Corrida TJPA 2016. Iniciado às 6h desta quinta-feira, a prova reuniu 200 participantes e fez um percurso de 10 quilômetros. Antes da largada, o vice-presidente e presidente eleito do Tribunal de Justiça do Pará, Ricardo Nunes, ressaltou a importância da atividade, que entrará para o calendário oficial de eventos do Judiciário paraense, trazendo benefícios diversos para a saúde física e mental dos praticantes. A corrida integra projeto do TJPA direcionado à qualidade de vida, com práticas de atividades físicas regulares.
Após 41 minutos e 57 segundos de iniciada a corrida, o servidor Rodrigo Silva Nunes, da Comarca de Tucuruí, cruzou a linha de chegada, comemorando o primeiro lugar na categoria masculina. Já na categoria feminina, Edilene Costa Farias, da Comarca de Belém, cruzou a linha de chegada registrando o tempo de 47 minutos e 52 segundos.
Os segundos e terceiros lugares no masculino ficaram para os servidores Francisco de Assis Neto, da Comarca de Belém, e Keule José Rocha, da Comarca de Ananindeua. No feminino, as primeira e segunda colocadas foram as servidoras Lívia Cristina Baia e Aline Gleice Santos, ambas da Comarca de Belém.
Rodrigo Nunes, que veio de Tucuruí exclusivamente para participar da corrida, se mostrou surpreso com o resultado. “Vim com a expectativa de ficar entre os dez primeiros colocados, mas nem imaginava que poderia vencer a corrida. Isso me deixou muito satisfeito e só me traz estímulos para continuar me preparando para, no ano que vem, tentar o bicampeonato. Estou muito feliz, e foi o Tribunal que me proporcionou essa alegria, incentivando práticas desse tipo, possibilitando a todos uma qualidade de vida melhor. Parabéns ao Judiciário paraense. Estou voltando para casa com o primeiro lugar”, comemorou.
Da mesma maneira, Edilene Farias demonstrou toda a sua satisfação pela primeira colocação, ressaltando o esforço pessoal, uma vez que já vem adotando o atletismo como um estilo de vida para a busca da saúde e qualidade de vida. Ela parabenizou o Tribunal pela iniciativa que vai influenciar na melhoria da saúde de muitos.
O servidor Paulo Menezes, 69 anos, da Comarca de Belém, que já corre há 35 anos, elogiou a iniciativa do TJPA. “Sou um entusiasta do esporte. Se as pessoas soubessem o bem que isso traz, não perderiam tempo para começar a se movimentar. Já participei de muitas corridas e isso não é para somar medalhas, mas para incentivar a prática do esporte. Para começar, basta ter a vontade de querer mudar, de preocupar-se com a própria saúde”.
O resultado da Corrida e as colocações dos participantes está disponibilizada no endereço eletrônico www.chipbrasil.online. O projeto foi desenvolvido pela Coordenadoria de Saúde do TJPA, em parceria com a Secretaria de Administração, o Núcleo Socioambiental, e as Coordenadorias de Cerimonial, de Desenvolvimento de Pessoal e a Militar do TJPA. Contou com o apoio do SESI, ACCEB, SEJEL, SEMOB, SEEL, Federação Paraense de Atletismo, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Criart.
O trajeto compreendeu o Edifício-sede do TJPA, seguindo pelo Comando da PM, Avenida Brigadeiro Protásio, Comar, Avenida Júlio César (faz a curva em direção ao Aeroporto Internacional de Belém e retorna antes do viaduto pelo mesmo caminho da ida). O percurso de 10 km correspondeu a duas voltas pelo mesmo trajeto.
Qualidade de vida – A I Corrida TJPA 2016 foi idealizada pelo desembargador José Maria Teixeira do Rosário, que a sugeriu à Presidência do TJPA não apenas como uma atividade que visa o incentivo de uma prática esportiva, mas, sobretudo de integração e qualidade de vida. “Pesquisas demonstram que a prática da caminhada, da corrida, melhora em quase 100% a saúde das pessoas. São vários os benefícios que essa prática esportiva traz para o ser humano. E a resposta dos servidores foi a melhor possível, aderindo à corrida”, elogiou o desembargador Teixeira do Rosário.
O desembargador Ricardo Nunes parabenizou a todos os participantes, afirmando a importância da adoção da prática de esportes como estilo de vida. “A adesão dos magistrados e servidores demonstrou aprovação a iniciativas desse tipo. Espero que, no ano que vem, mais magistrados e servidores se sintam motivados a participarem, porque isso significa mais saúde, mais disposição, mais qualidade de vida. Corpo são, mente sã”. Os desembargadores Ricardo Nunes e Teixeira do Rosário estavam entre os 200 participantes da corrida.
De acordo com um dos coordenadores do evento, Manoel de Christo Alves, da Coordenadoria de Saúde e Qualidade de Vida do TJPA, a I Corrida tem por objetivo promover hábitos saudáveis e prevenção de doenças ocupacionais relacionadas ao trabalho. O projeto foi idealizado para sensibilizar todo o Tribunal em relação à importância da saúde e qualidade de vida, através de ações realizadas de forma interdepartamental e interdisciplinar.
Anatólio Thiers, da empresa Chip Belém, organizadora da Corrida, informou que essa prática tem sido uma tendência, abraçada por pessoas que tem em mente a preocupação não apenas com a estética, mas, sobretudo, com a saúde. Uma dica que dá aos interessados em iniciar essa prática é que, antes de começar, procure orientação médica e também de um preparador físico, atendendo os limites do organismo, para tornar a atividade mais prazerosa e segura.

Nenhum comentário: