sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Barcarena: Força Tarefa será criada para combater erosão na praia do caripi

Ministério Público, Prefeitura, Vereadores, Comunidade e Empresas deverão se articular com uma Força Tarefa para enfrentar a erosão na praia.

Moradores, Associação dos comerciantes da praia, representantes do governo municipal e do legislativo estiveram reunidos hoje (20), no Ministério Público do Estado /MPE, encaminhando ações contra a erosão que abala a comunidade local.

A prefeitura disse que técnicos da secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano - SEMDUR estão fazendo estudos para realizações de serviços emergenciais.

“Por três vezes a prefeitura tenta frear o avanço da erosão na praia, no ano de 2013 foi colocado bolsacreto, em 2014 planilhas e aterros foram usados. No início deste ano mais uma vez a prefeitura esteve na praia fazendo serviços paliativos. Estamos preocupados com o problema, e trabalhando para resolver, mas como já disse, o município não tem recurso para fazer uma obra estrutural lá (na praia). Precisamos da ajuda do governo federal” . Disse o Secretário Municipal de Infraestrutura Affonso Henriques, durante a reunião.

A vereadora Rudilene Magno, presente na reunião, disse que a Câmara Municipal também está preocupada com a situação, e marcou reunião para a próxima segunda-feira, 23, com presença do governo municipal e lideranças comunitárias para fortalecer o movimento de apelo à praia do Caripi.

O promotor Antônio Lopes Maurício sugeriu nova reunião na quarta-feira, 25, desta vez com participação dos representantes das grandes empresas instaladas no município.

“Todos estamos atingidos por este problema, afinal a praia é um local turístico e de certa forma todos são responsáveis por ela. Vamos convidá-los a unir força em prol da praia e torcer que eles abracem a causa” disse o promotor.

Outra sugestão colocada na mesa, foi que a própria comunidade acione os políticos estaduais e federais eleitos com votos de Barcarena.

O Secretário Afonso Henriques, fez questão de informar novamente tanto ao promotor de justiça, quanto a associação, que assim que esta gestão assumiu a prefeitura em 2013, enviou ao ministério em brasília, um projeto, exatamente para contenção da erosão da Orla da Praia do Caripi, orçado em R$9.608.731,90, com a contrapartida da prefeitura no valor de R$ 384.349,28. 

Segundo consta no site do SICONV ( Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal) onde o projeto encontra-se cadastrado, a proposta de Nº 65318/2013, encontra-se enviada para análise.


“É uma verdadeira força tarefa”, reforçou o Promotor de Justiça.






Vaga preferencial, somente para quem precisa. Respeite!!!








CNJ