terça-feira, 18 de agosto de 2015

Meia Entrada: Deputado Renato Ogawa propõe projeto que incentiva a doação de sangue

(Foto: Divulgação/Hemopa)

A doação de sangue garante as pessoas um de seus direitos primordiais, o direito à vida, o direito de viver de forma saudável.

Durante todo o ano a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (HEMOPA), através do Governo do Estado promove inúmeras campanhas de incentivo à doação de sangue destacando sua importância quando o assunto é salvar vidas. Diante desta questão e de sua preocupação com o bem estar e saúde da população paraense o deputado estadual Renato Ogawa deu entrada em um Projeto de Lei que dispõe sobre a importância da doação de sangue.

Foto/Divulgação
O Projeto de Lei N° 260/2015 dispõe sobre o direito à meia entrada em eventos que promovam a cultura, entretenimento e lazer aos doadores regulares de sangue em todo o Estado do Pará.

O presente projeto foi entregue à mesa diretora da Alepa pouco antes do final do primeiro semestre de trabalhos legislativos e deverá ser levado para pauta de discussão da casa ainda este ano.

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue, Renato Ogawa pretende contribuir de maneira positiva com o HEMOPA, além de tornar esta lei mais uma aliada nas campanhas promovidas pela fundação, como a campanha Agosto Vermelho, que está acontecendo desde o dia 2 deste mês, em alusão aos 32 anos do Hemopa e com principal objetivo de incentivar a doação voluntária de sangue no Estado.


Durante a sessão ordinária desta quarta (12), Renato Ogawa falou sobre a importância da doação e pediu ao Presidente da casa, deputado Márcio Miranda, o apoio e adesão dos legisladores e servidores da Assembleia Legislativa à campanha Agosto Vermelho. Parabenizado por seu gesto, Renato Ogawa teve seu pedido acatado pela mesa diretora, “Agradeço o apoio presidente e conto com a ajuda deste poder na divulgação desta e outras campanhas em prol da doação de sangue”. Conclui.



Texto: Jornalista Rosana Magno


Nenhum comentário: