quarta-feira, 8 de abril de 2015

PM é flagrado com celular de comissário assassinado em Belém


Um cabo da Polícia Militar (PM) foi preso em flagrante na terça-feira (7) por ter se apropriado de um celular. O aparelho pertencia ao comissário de bordo da companhia aérea Gol, Felipe Vieira Soares, de 29 anos, assassinado na última sexta feira (3). Segundo a Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Pará, o militar era um dos policias que atenderam a ocorrência no dia do crime.

O celular da vítima havia sido rastreado com o intuito de chegar até ao assassino, mas os policias acabaram encontrando o aparelho com o cabo da PM. Ele foi encaminhado para a Divisão de Homicídios e, em seguida, conduzido até a Corregedoria da Polícia Militar. Depois de todos os procedimentos, o cabo ficará recolhido no presídio Anastácio das Neves.

Crime
O crime aconteceu na rua Gama Abreu, no bairro da Campina, centro de Belém. Uma das versões da polícia era que Felipe caminhava com um celular na mão quando foi abordado por um homem armado, ele teria reagido ao assalto e foi atingido por um tiro nas costas. O comissário não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

"Eles estavam esperando a hora do voo e ele, como era um dos comissários, veio dar uma volta nas redondezas, não sabia o perigo que corria e infelizmente perdeu a vida", explicou o delegado Lenoir Cunha, que conduz as investigações.
Ainda de acordo com a polícia, imagens captadas pelas câmeras do circuito de segurança de um prédio público poderão ajudar a identificar o assassino. A Divisão de Homicídios ainda irá ouvir outras testemunhas que podem contribuir no esclarecimento do crime.
O corpo de Felipe Soares foi enterrado na manhã de terça-feira (7), em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro. A empresa Gol informou, por meio de nota, que lamenta o ocorrido e diz que está prestando assistência aos familiares e colegas de trabalho.

Fonte: G1/Pa. 
Imagens: TVLIBERAL

Nenhum comentário: