sexta-feira, 9 de maio de 2014

Após 8 dias do Dia do Trabalhador, Ministro Barbosa rejeita pedido de Dirceu para trabalhar...



O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, rejeitou nesta sexta-feira, 9, um pedido do ex-ministro José Dirceu para trabalhar fora do complexo penitenciário da Papuda, em Brasília. Barbosa argumenta que Dirceu ainda não cumpriu um sexto da pena de 7 anos e 11 meses fixada para ele pelo STF por participação no esquema do mensalão.

O ex-ministro só terá cumprido esse período mínimo em março de 2015.  Nesta quinta, Joaquim Barbosa já havia derrubado decisões da Justiça de 1ª Instância que tinham garantido o direito ao trabalho externo para o ex-deputado Romeu Queiroz e o advogado Rogério Tolentino.

A expectativa é de que ele faça o mesmo com os outros condenados por envolvimento com o mensalão que têm autorização para trabalhar fora da cadeia, entre os quais, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o ex-deputado João Paulo Cunha.


Fonte: Estadão.




Força de aperto de mão pode indicar estado de saúde, segundo estudo


Pesquisa revisou resultados de 50 estudos anteriores.


Para cientista, aperto de mão deveria fazer parte dos exames de rotina.




A maneira como alguém aperta as mãos pode ser um bom indicador da idade biológica, do estado de saúde e do nível educacional de uma pessoa, apontam pesquisas de uma equipe internacional divulgadas pela publicação científica americana "PLoS One".
Esse teste do aperto de mãos para "medir" a idade revela diferenças nas taxas de envelhecimento em vários grupos populacionais, como indicam os estudos realizados por demógrafos do International Institute for Applied System Analysis (IIASA), com sede em Viena, na Áustria.
E, se um aperto de mãos pode dizer muito sobre uma pessoa, sua confiança em si mesma, seu poder, ou agressividade, também dá indícios sobre seu estado de saúde, acrescentam os autores.
A investigação se baseia nos resultados de cerca de 50 estudos realizados no mundo todo com grupos de pessoas de diferentes idades.
Os estudos concluem que a força do aperto de mãos pode ser uma das formas mais eficazes de se medir a idade real das pessoas, somada a outros marcadores biológicos como o declínio da capacidade mental, a pressão arterial, a força nas pernas, o estado das artérias e a capacidade de recuperação depois de uma internação hospitalar.

Fonte: Bem Estar/G1