quarta-feira, 18 de junho de 2014

Tensão: Brasil e México ficam no 0 a 0 em Fortaleza


A seleção brasileira empatou sem gols, nesta terça-feira (17), na partida contra o time do México, pela segunda rodadaCopa do Mundo no Brasil. Foi o segundo 0 a 0 da competição. Com o resultado, as duas seleções alcançam quatro pontos cada no grupo A, com vantagem para o Brasil no saldo de gols. Para o México, foi um ótimo resultado, podendo decidir uma vaga nas oitavas-de-final contra a Croácia.


O destaque foi o goleiro do México, Guillermo Ochoa. O mexicano camisa 13 fez pelo menos quatro defesas difíceis, que impediram a bola de entrar até em cima da linha. “A gente já esperava esse nível de dificuldade”, afirmou o atacante brasileiro Fred. “Temos que dar os parabéns ao goleiro, que fez, no mínimo, quatro milagres.”
O goleiro Ochoa comemorou o resultado. “Por sorte, a defesa foi sólida. Vamos embora contentes”, disse. Apesar de reconhecer a atuação dos mexicanos, o goleiro brasileiro Júlio César disse que o Brasil “não apresentou o melhor futebol”.
A verdade é que o time do técnico Felipão não conseguiu furar a defesa do México. E ainda tomou alguns sustos, principalmente com chutes de fora da área. Nos minutos finais, Júlio César fez um rebote para o meio da área, mas o ataque mexicano não conseguiu aproveitar, jogada que poderia ter colocado tudo a perder.
A partida foi realizada a partir das 16h em Fortaleza (CE), no estádio Castelão. O próximo jogo da seleção brasileira será em Brasília, contra Camarões, na segunda-feira (23).

Outros jogos
Hoje, jogaram em Bélgica e Argélia, pela primeira rodada do grupo H. O placar foi de 2 a 1 para os belgas, que disputaram a partida em Belo Horizonte (MG). Pelo mesmo grupo, jogam hoje à noite Rússia e Coreia do Sul, às 19h, em Cuiabá (MT).
Na quarta-feira (18), continua a segunda rodada da Copa. Austrália e Holanda, pelo grupo B, jogam às 13h em Porto Alegre (RS). Espanha e Chile, às 16h, no Maracanã, no Rio de Janeiro. E, pelo grupo A, Camarões e Croácia se enfrentam às 19h, em Manaus (AM).


Nenhum comentário: